Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

A Coisa Mais Linda do Mundo (legendado)

Cinzas...

Fim! E o que era uma grande história de amor, chegou ao fim. E contemplando o dia tão cinza e chuvoso, me dou conta de que restaram apenas cinzas. Cinzas de um amor que era pregado aos quatro ventos. Imortal, atemporal, incondicional. Um amor que surgiu entre as pedras, que mas que pensávamos que ninguém seria capaz de destruí-lo. Mas nos esquecemos de nós mesmos. Que na ânsia da cumplicidade, perfeição e o não se sentir sozinhos, deixamos nosso amor morrer em meio às indiferenças, ausências e ocupações. Não nos demos conta de que nós mesmos, iríamos colocar fim ao que era um grande único amor. Jogos de interesses, mentiras, omissões, traições. Medo diário. Certezas constantes. Confiança quebrada a cada novo erro. E tudo que somente eu havia planejado, teve seu fim decretado. E tudo que eu havia sonhado, somente eu sonhado, virou realidade. Desde o primeiro dia, incerto amor, tão puro amor... Fim de um amor. Você errou. Eu errei. E no fim das contas, talvez não tenha quem errou mais,apesar de eu sempre …

Doce ilusão...

Carpinejando...

Florescendo...

"Se não plantar, não nasce.
Se não regar, não cresce.
Se não amar, morre.
Assim,são as plantas.
Assim, são as pessoas.."

Fato!!!

Bon Jovi - Bed of roses - Legendado

Scorpions- I Wanted To Cry Acoustic version Legendado

Dorme...

"Dorme agora....


Carpinejar...

"Sempre sabemos por que estamos tristes, mas nunca expressamos o motivo de nossa alegria.

Sempre passamos adiante a causa de uma separação,mas nunca as razões de um relacionamento.

Sempre temos na ponta da língua o que nos faz odiar alguém,mas nunca conseguimos definir o que nos faz amar alguém.

Somos ótimos para julgar, mas péssimos para elogiar.

Sempre encontramos um culpado pela nossa dor,mas nunca encontramos um culpado pela nossa felicidade.

É necessário mudar nossa tendência para sofrer.

Nossa mania de grandeza no sofrimento e nosso complexo de inferioridade no amor.

Somos um Napoleão para sofrer e um zé-ninguém para amar.

Somos doutores e sábios com nossas tristezas,e preguiçosos com o amor,não defendemos o amor,não explicamos o que sentimos.

Uma imagem não vale por mil palavras.

Toda palavra só aceita em troca de outra palavra.

É dar a palavra e não voltar atrás.


(Fabrício Carpinejar)


Quieta...

E já não há mais vida. Tudo jaz em silêncio oportuno. A música se calou. Tudo emudeceu. As letras já deixaram de aparecer na tela e o tic-tac do relógio incomoda tanto quanto o sol que brilha lá fora. Na rota selvagem da vida que não parou, eu fui a ilusão perdida do amor que nunca existiu. O punhal ainda está cravado na alma. Mas mesmo apertando ele em mim, já não há mais dor que eu sinta. Anestesia de sentimentos. Pausa no amor, redoma que reluz aos olhos sem vida. Acreditei em algo que não aconteceu. Vivi por um amor que só existiu em mim. Doces letras que me fizeram sorrir. Amargo fim já decretado desde o início. Ah...insensato amor. Que me permitiu sonhar tanto e idealizar ainda mais. Os planos refeitos dia a dia. O calar-se pronunciado a todo o tempo. Tira-se um vírgula em um dia. Um ponto no outro... E quando se percebe, já não há mais nem assuntos que possam ser ditos. Tudo foi retirado. Alegrias, sorrisos, sonhos. Músicas, planos, letras. Emudeci na teia que a vida me entregou. Deixei de sonhar, acre…

Martha Medeiros

"A todos trato muito bem, sou cordial,educada, quase sensata,mas nada me dá mais prazer do que ser "persona non grata",expulsa do paraíso,uma mulher sem juízo que não se comove com nada.
Cruel e refinada,que não merece ir para o céu.
Uma vilã de novela.
Mas bela, e até mesmo culta.
Estranha,  com tantos amigos...
E amada.
Bem vestida e respeitada...
Aqui entre nós:

Melhor que ser boazinha e não poder ser imitada!!!!" 

(Martha Medeiros)

Carpinejando...

Exaustão...De Mim!!!

Estou cansada. Exausta de viver. Cansada de morrer. Em mim. Por mim. Em tantos.
Estou exausta. Cansada de sonhar. Exausta de ser real. Por você. Em você. Por ninguém.
Estou cansada. Realmente cansada. Fisicamente. Psicologicamente. Estou um caos.
Exausta de te amar. Cansada de te esperar. Exausta de viver. Cansada demais... Para morrer.
Cansada de te chamar. Exausta de lhe pedir. Cansada de implorar carinhos. Exausta de não existir. Lembranças perdidas. Sonhos desfeitos.
Cansada demais de viver. Exausta demais para chorar. Cansada... Imensamente cansada...
De morrer todos os dias!!!

Leminski!!!!

A noite...
Enorme!
Tudo dorme...

Menos, teu nome!!!!
(Paulo Leminski)

Negro Amor (It's All Over Now, Baby Blue)

Urgência...De Você!!!

Eu sei que você me quer.
Então não demora...
E tira logo essa roupa!!!!



Sinais...

Sinais. Teus sinais me fizeram entender o que estava tão óbvio. O fim eminente. Derramar diário de um sentimento que nunca existiu. O ir indo embora dia a dia, sem fazer alarde. O afastar-se lento e mortal, como se não importasse mais. Pequenos sinais diários. Uma ausência lenta e constante. Fragmentos de indiferença estampados no bom dia esquecido. Na tarde com amigos. Nas noites de sono constante. O ir embora devagar e morno...tal como o amor que foi se esfriando aos poucos.

Sinais. Tão ali, tão naturais, como a luz do sol que hoje não aquece.
" Já não preciso mais acordar com você hoje, finjo que perdi a hora."
"Já não preciso dizer que lembrei de você hoje, finjo que esqueci o celular."
"Já não preciso te avisar que sairei com os amigos, sou livre afinal."
"Já não preciso dormir com você hoje, está dispensada."
"Ah, o médico? Prefiro ir sozinho."
"Tenho o dia livre, vou curtir com minha família e amigos. Não há espaço para você hoje."
"…

Ao Som de The Smiths....

"Se você é tão engraçado, por que está sozinho esta noite?
Se você é tão inteligente, por que está sozinho esta noite?
Se você é tão divertido, por que está sozinho esta noite?
Se você é tão atraente, por que dorme sozinho esta noite?"


Te Quero Assim...

Assim é a Vida....Doce Vida!!!

" E nós nunca vamos nos beijar na chuva.
Eu também nunca vou calar sua boca com um beijo e nenhuma das nossas brigas vai acabar na cama.

Eu nunca vou te observar enquanto você dorme e nunca vou fazer cafuné quando você estiver com a cabeça deitado no meu peito.

Não vamos passar tardes assistindo filmes  românticos debaixo da coberta e nem comendo brigadeiro.

Também não vamos passar madrugadas acordados conversando.

Nossos planos não vão se concretizar.

Eu não vou ficar com vergonha conhecendo sua família.

Não vamos contar aos nossos filhos a longa e estranha história de como nos conhecemos .

As pessoas não vão olhar para nós e dizer e falarem sobre como somos bonitinhos juntos.

Não vamos discutir para saber quem vai se levantar para apagar a luz do quarto.

Não vamos ter um futuro.

Tudo isso poderia ter acontecido, mas não vai.


Porque nós dois fomos feitos para nos conhecermos...


Nos apaixonarmos...



Mas não para ficarmos juntos!!!


(Texto encontrado na Internet, desconheço a autoria)



Our Song - Ron Pope (Tradução)

Everything But Me - Daughtry (Tradução)

Só um pedacinho...

Eu sou essa tempestade toda, esses extremos e exageros. Não consigo ser nada mais do que sou. Não consigo fingir, nem fazer de conta. Não gosto de metades, ou é tudo ou é nada para mim. Sou profunda demais. Não fico meio triste ou meio alegre, não consigo ficar apaixonada pela metade. E isso me quebra às vezes, não são todos que conseguem conviver com a minha intensidade.🌸🔐

Eu Não Quero Mais...

Eu não quero mais. Ficar esperando por alguém que já não se importa há tanto tempo. Ficar sonhando com alguém que já não vem mais.
Eu não quero mais. Seus "bom dia" que não chegam. Seus "boa tarde" que nunca vem. Seus "boa noite" que sempre são esquecidos.
Eu não quero mais. Esperar,somente esperar. Por alguém que está sempre ocupado. Sempre perdido em outras coisas, outros timbres... Outros remédios. Outro sono.
Eu não quero mais. Viver nessa cruel espera e só encontrar a porta fechada. Os erros gritantes. O correr até nas palavras.
Sempre mal feito, mal escrito. Nítida demais a obrigação de estar ali. Como se fosse um ato cotidiano, um bater de cartão na firma. Um ato corriqueiro.

Eu realmente cansei de ser a última opção. O último lembrete. A última em tudo. Já não há mais prazer nas conversas, amor nas letras. Letras. Apenas isso. Tudo se tornou mecânico demais, virtual demais. O sentimento que antes existia, ou eu pensei que existia, não existe mais. Em você. Eu não quero mais vi…

Perdoa-me....

Me Perdoe. Pelas lágrimas sem sentido. Pelo choro descontrolado. Pelas dúvidas não resolvidas.
Me perdoe. Pelo amor que senti. Pela dor que causei. Pelas ofensas sem motivos.
Me perdoe. Por ter brigado em vão. Por ter ido embora tantas vezes. Por minha solidão.
Me perdoe. Pelo mal que te causei. Pelas respostas que não te dei. Por ter me transformado... Em ausência também.
Me perdoe. Por ter acreditado em você. Por ter deixado minha alma enlaçar na tua. Por viver por você.
Me perdoe. Por ter sonhado tanto. Por ter te amado tanto. Por te amar assim.
Me perdoe. Por ter sido impulsiva. Por ser esse caos diário. Por viver esse vazio. Por não me ver em você.
Me perdoe. Por ter te desenhado na canção. Por ter te escrito tantas vezes. Por chamar você... Vil desespero, doce amor.
Me perdoe. Por ter feito do seu mundo, o meu viver. Por ter feito da sua vida, o meu existir. Por ter feito de você, o meu porto. Sem fim.
Me perdoe.
Por eu ser quem sou. Por acreditar no que sinto. Por ainda te amar.
Eu e você... Nós!!!

Iron Maiden - Fear Of The Dark (Live At Rock In Rio) - Legendado

Pearl Jam - Black - Legendado

Eu Também Queria Momentos...Humanos!

Via Quarto de Poesias....

Preciso de Você....

"...Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua...
qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria...
Em estar vivo...
(...)
Hoje...
Só tua presença  vai me fazer feliz..."

Cuidado, Garoto....(Perigosa)

"Sei que eu sou bonita e gostosa E sei que você me olha e me quer... Eu sou uma fera de pele macia Cuidado garoto! Eu sou perigosa...

Eu tenho um veneno no doce da boca Eu tenho um demônio guardado no peito... Eu tenho uma faca no brilho dos olhos Eu tenho uma louca dentro de mim... (...)

Eu posso te dar um pouco de fogo Eu posso prender você, meu escravo. Eu faço você, feliz e sem medo... Eu vou fazer você ficar louco Muito louco, louco...

Dentro de mim!!!