Fica...

Fica.
Eu te peço que fiques.
Não somente nessa madrugada dolorida.
Mas fique.
Eu prometo te amar eternamente.
Mesmo quando as dores já tiverem me corroído.
E o amanhecer tenha chegado e me colocado de pé.
Fica.
Eu te peço que fiques.
Ou me leve contigo.
Leve meu coração cansado, desanimado...e sangrando.
Assim, terá sempre a presença do meu amor.
A distância, a indiferença...
Tua ausência.
Por que essa gana doida de ir embora?
Aqui já não é mais tão bom?
Não pensastes em nenhum momento em nossos planos?
Jogastes minha sorte pelo chão.
Roubastes meu sorriso, sem piedade.
Levastes o brilho do meu olhar.
Deixastes lágrimas amargas.
E um despedir sem despedida.
Traidor!
Fica.
Eu te peço que fiques.
Será que por nenhum segundo eu fui algo para você?
Me deixastes com tantas dúvidas...tantos questionamentos.
E o pior de tudo:
Eu sei que nunca serão respondidos.
Me deixastes só.
Talvez como eu sempre tenha sido.
Não se importastes em não segurar minha mão.
Fizestes pouco caso do meu sentimento.
Entornastes o meu coração na beira da estrada.
E hoje...
Eu fico aqui, olhando a porta fechada.
Na esperança que você simplesmente me ouça.
Que ouça meu grito de "Fica"...ou que seque as lágrimas que rolam desesperadas.
Mas eu sei que partiu.
Não olhastes para trás.
E mesmo que esteja tão distante...
Ainda te sinto comigo.

E mesmo que você já tenha ido embora há tanto tempo...

Somente eu fiquei!

Comentários